ACINFAZ

Começam estudos para PR ligando Fazenda Rio Grande e Araucária

[vc_row css=”.vc_custom_1451912129406{margin-top: 20px !important;border-top-width: 20px !important;padding-top: 20px !important;}”][vc_column][vc_custom_heading text=”” font_container=”tag:h2|text_align:center|color:%23060a00″ google_fonts=”font_family:Ubuntu%3A300%2C300italic%2Cregular%2Citalic%2C500%2C500italic%2C700%2C700italic|font_style:300%20light%20italic%3A300%3Aitalic” css=”.vc_custom_1554406062624{margin-bottom: 10px !important;border-bottom-width: 10px !important;padding-bottom: 10px !important;}”][rd_line color=”#00a650″ line_pos=”center”][/vc_column][/vc_row][vc_row css=”.vc_custom_1451926375382{margin-bottom: 20px !important;border-bottom-width: 20px !important;padding-bottom: 20px !important;}”][vc_column][vc_column_text font_size=”14″]Estudos para a revisão do projeto do Trecho Sul do Corredor Metropolitano começaram a ser feitos pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), ligando as cidades de Araucária e Fazenda Rio Grande, sendo a continuação da PR-423. Segundo a Agência de Notícias do Paraná, o projeto foi desenvolvido em 2012 pela Comec e a proposta recebeu algumas sugestões que serão analisadas em um trabalho de revisão e atualização. A versão final deve ser apresentada até o final de junho, pois a empresa responsável pelo projeto original já está trabalhando com técnicos da Comec e logo deverá apresentar um cronograma para a apresentação do projeto final.

(Adaptada da Agência de Notícias do Paraná)[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]