ACINFAZ

ACINFAZ recebe premiação no Programa de Certificação

No dia 11 de dezembro, aconteceu a premiação do Programa de Certificação em Gestão (PCGF), realizado pela Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (FACIAP) juntamente com o Sebrae/PR. Foram premiadas coordenadorias e associações comerciais nas categorias ouro, prata e bronze. O objetivo do programa é alavancar o desempenho organizacional das entidades, melhorar processos e implantar ferramentas de boas práticas de gestão. A ACINFAZ foi certificada na categoria prata.

Segundo Gastão Gonchorovski, presidente da ACINFAZ, a entidade recebeu a certificação devido ao empenho de todos os envolvidos nos trabalhos da casa. “Sendo os diretores, conselheiros, coordenadores e principalmente aos executivos que fizeram a execução correta de suas atividades, onde fomos certificados. Parabéns ACINFAZ!”, comentou.

Gustavo Vedoveli, coordenador do Conselho ACINFAZ Jovem, participou da solenidade juntamente com o presidente, representando a Associação no evento, disse: “O padrão do Sebrae é muito bem organizado. A estrutura por si só não requer muita decoração, pois é um espaço legal, havia muitas pessoas e muitas associações”. Afirma que a dinâmica da premiação foi muito simples. “Chamavam por categoria e iam mostrando a pontuação de cada cidade. Ao final, subiam ao palco representantes das associações para receber o prêmio”, comentou.

Vedoveli fala que representar a ACINFAZ nesse momento é gratificante. “O simples fato de terem me solicitado para que fosse lá representar a entidade significa muito para mim, fiquei muito orgulhoso”. Segundo ele, a ACINFAZ é um modelo para outras instituições. “Na hora que falaram da nossa pontuação, fizeram alguns comentários sobre o tamanho da nossa Associação e como vem se despontando como um dos grandes casos de sucesso”.

O prêmio que a entidade recebeu está dentro de um contexto das associações comerciais, segundo Gustavo, ou seja, é preciso posicionar a ACINFAZ para a sociedade civil. “Eu vejo que essa certificação tem que ser informada para as pessoas, para começarem a olhar a associação com outros olhos”.