ACINFAZ

Momento de atualização (Edição 101 – Outubro 2016)

[vc_row][vc_column][vc_column_text]

Com o impeachment da presidente da República Dilma Rousseff agora defi nido, o Brasil esboça reações de novas certezas econômicas. Porém, as reformas necessárias ainda engatinham e as notícias escandalosas de corrupção que nos surpreendem a cada dia deixam um odor desagradável, de que muito temos a escalar para que possamos alinhar os setores econômicos do país.

No entanto, a criatividade dos empresários brasileiros, mais uma vez, dá o tom principal para o enfrentamento desta crise iniciada há vários meses: eles moldaram-se a um cenário amargo, mas com efeito imunizador para os desafi os futuros a que estaremos vivendo. Tivemos uma avalanche de desempregos, de falta de inovação e de crédito, de instabilidade de outros mercados e, até mesmo, em alguns momentos, de esperança frente ao momento que se desenhou neste nosso imenso Brasil.

Porém, ainda com muitos estragos a serem absorvidos, creio que o pior momento está indo embora. Agora, estamos nos adaptando a este cenário, repaginando e reestruturando um novo modelo de organização para as nossas empresas, para iniciarmos um ajuste de retomada econômica. Precisamos avançar e voltar a investir. Mas, para isso, os governos também precisam (e com urgência) fazer a lição de casa, que não quero aqui fi car discorrendo, pois todos já sabemos onde estão as falhas.

Voltando ao cenário municipal, no mês de setembro promovemos um evento histórico muito importante para o momento e para a cidade, que tratou de convidar os candidatos a prefeito com o seu respectivo vice a exporem seus planos de governo e tudo foi transmitido simultaneamente, via web, ao eleitor fazendense. Sem dúvida nenhuma, foi um importante salto de mobilização da sociedade, onde contamos com o apoio de várias organizações que representaram muitos segmentos de nosso município.

Também, organizado pelo Conselho Deliberativo da Casa, foi construído um documento denominado “Diretrizes Municipais aos candidatos a prefeito e vereadores para as Eleições 2016”, no qual foram enumerados 27 elencos julgados interessantes de serem repassados aos futuros governantes municipais.

Assim, fecho esta mensagem dizendo ao leitor que estou animado. O sentimento de uma mobilização de pessoas que formarão uma sociedade civil organizada começa a despertar com maior eloquência. Aliado a isto, com as novas gestões do município, Executiva e Legislativa, que se defi niram em 2 de outubro, nós começamos a desenhar traços mais expressivos, reforçando, cada vez mais, o interesse em c onstruir uma cidade que queremos através da ideia do Fazenda Rio Grande 2050. É um momento importante!

Continuamos a avançar!

[/vc_column_text][vc_column_text]

Gastão Fabiano Gonchorovski

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.