ACINFAZ

Inovação

[vc_row][vc_column][vc_custom_heading text=”Muitos pensam que inovar é algo praticamente impossível. Apesar de não ser um processo tão simples, gerar inovação está ao alcance de todos” font_container=”tag:h5|font_size:17|text_align:justify” use_theme_fonts=”yes”][vc_single_image image=”6144″ img_size=”full” alignment=”center”][vc_column_text]

A grande competitividade existente hoje no mundo tem gerado nas empresas a necessidade de fazer a diferença e se destacar, seja na oferta de produtos ou serviços. A tecnologia, o acesso à internet e a globalização são fatores que exigem a constante busca por aperfeiçoamento, adaptação e distinção como forma de se sobressair. Em função disso, nunca se falou tanto em inovação.

“Inovação ocorre toda vez que uma organização altera algo que ela fazia anteriormente e isso acaba tendo resultados em termos de sua capacidade de se posicionar no mercado”, é o que afirma César Rissete, gerente da unidade de ambiente de negócios do SEBRAE/PR. De acordo com ele, toda vez que uma empresa faz algo diferente e isso é chancelado, no sentido de ser aceito, a mesma consegue se posicionar no mercado. “Aquilo dá à empresa um diferencial de competição, então ela está passando por um processo de inovação”, explica o gerente.

De acordo com Maísa Luana Silvestrin, consultora em inovação da Federação das Indústrias do Paraná (FIEP), inovar é transformar novas ideias em resultados, atendendo as expectativas do mercado. Ela comenta que a inovação deve gerar retorno financeiro, seja pelo aumento de faturamento, pelo acesso a novos mercados, entre outros.

Ao alcance de todos

“Temos que desmistificar a inovação, no sentido de que ela não seja só embutida em tecnologia”, ressalta Rissete. Segundo ele, existe a inovação para o mercado e a inovação para a empresa. “A inovação para o mercado ocorre quando aquilo é algo diferente em relação a outras empresas, que dará um impacto no mercado. Mas existem as inovações para a empresa, que são mudanças focadas, a melhoria da capacidade dessa empresa”, destaca.

O gerente reforça que inovação não é necessariamente invenção. Se uma empresa já fez algo e outra repete, não quer dizer que ambas não sejam inovadoras. “A partir do momento em que uma empresa
faz algo que melhore a sua capacidade de competição, ela já está obtendo uma inovação para si. Ou seja, isso também é uma inovação”, declara Rissete.

Maísa Silvestrin fala que é importante que a inovação faça parte da estratégia da empresa, de modo que vá ao encontro dos objetivos e da visão da organização. “É muito importante inserir a inovação na
cultura empresarial. Claro que não é um processo imediato, mas deve ter seu start o quanto antes”, comenta a consultora.

César Rissete salienta que a inovação está ao alcance de todos. “A inovação está ao nosso alcance, no dia a dia, e muitas vezes sem a necessidade de investimentos financeiros significativos”, diz. O gerente alerta, porém, que há um investimento econômico, então envolve o gestor, o funcionário e a dedicação de tempo para realizar esse processo.

Inovações incrementais e de ruptura

Quando se fala em graus de inovação, existem as incrementais e as de ruptura. As inovações de ruptura são as mais profundas, mais tecnológicas e proporcionam grandes mudanças, causando um impacto maior para a empresa. “Na filosofia japonesa de melhorias, a inovação de ruptura é chamada de kaikaku. É claro que inovação de ruptura tem maior impacto de mercado”, comenta Rissete.

Já as inovações incrementais, de melhoria, são chamadas de kaisen. “São aquelas coisas mais constantes e repetidas, mas que provocam melhorias no dia a dia, então estão mais ao alcance das micros
e pequenas empresas”, exemplifica o gerente do SEBRAE. “Às vezes, você não vai ter inovações radicais, de grandes transformações tecnológicas. Isso não ocorre diariamente, nem em todo lugar, nem em todas as empresas. Porém, inovações de melhorias, isso é possível se fazer”, conclui César Rissete.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][rd_line color=”#e0e0e0″ line_pos=”center”][vc_single_image image=”6143″ img_size=”full” alignment=”center”][vc_single_image image=”6142″ img_size=”full” alignment=”center”][/vc_column][/vc_row]